Skip to content

SFT MCHN

remix & mashup blog

Tag Archives: 2010

Se vc chegou até aqui e não gosta de Drum’n’Bass não saia!

Leia e ouça o som até o final.

Pendulum – Immersion.

Novo trabalho do grupo de Drum’n’Bass/rock australiano.

Sim, eles não são só Drum’n’Bass. Eles são rock, eletronica, dance, hip-hop, lo-fi e muito mais.

Participações de Liam Howlett do Prodigy, do produtor inglês Steven Wilson e do In Flames, uma banda sueca de heavy-metal que vc conhece mais clicando AQUI

Apesar da tônica do album ser Drum’n’Bass, eles tem uma pegada pop meio nervosa que é muito bacana.

Não é só barulho e batidão. Tem letra, melodia, cara e corpo.

Vale a pena ouvir inteiro. Prá ouvir e ver, o link é este AQUI.

Os caras da banda

Os caras da banda

Fiquem aqui com The Island Pt.I (Dawn), que não é Drum’n’Bass e tem chances de chegar em pistas mais conservadoras.

E também com The Vulture, mistura de electro com rock com mais um monte de associações livres.

Pegada “chutação” do jeito que eu gosto.

hahahaha.

E também com o video oficial do primeiro single do album, Watercolour, que já bateu número 4 nas paradas inglesas. Se é que isso importa alguma coisa…

Sim, essa é bem Drum’n’Bass. E é gênio.

Tudo de bom,

Billy.

Advertisements

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Vc já ouviu falar de Moguai ?

Se ouviu, foi provavelmente por essa música aqui embaixo de 2002. Não sei se foi heavy play nas baladas, mas é bacana.

Bem naquela pegada da época, cheio de teclados Nord Lead e afins.

Agora fui procurar um pouco sobre o som do alemão.

Ele atualmente é um dos poucos DJs que lançou álbum pelo selo do DeadMau5, o Mau5trap.

Adoro esse outfit do cara. Mas, onde ele coloca o fone?

O disco chama-se We Are Lyve, e tem uns sons muito bacanas.

Ouçam Lyve, desse novo projeto. Climão bem viajandão.

Bom prá ouvir durante o trabalho.

E acessem o site do cabra que tem muita coisa legal, incluindo um podcast. AQUI.

Tudo de bom,

Billy.

Tags: , , , , , , , ,

Duo canadense famoso por seus remixes, numa musica própria, climão dance-etéreo.

Vocais e bases cheio de reverbs, mas tem um tecladinho maldito no lado esquerdo completamente fora da mix que dá o clima da música.

Tipo uma marcação.

Reparem.

O solo do final, a voz num pitch alterado lá prá baixo e os loops dos teclados dão o clima chill-in.

Curti

Tudo de bom,

Billy.

Tags: , , , ,

Um dos maiores clássicos das pistas de todos os tempos foi/é Planet Rock.

Base chupinhada do Kraftwerk, raps por cima e a cabeça genial de Afrika Bambaataa por cima de tudo isso.

Dessa base nasceu o funk carioca, por exemplo.

Depois ainda criou músicas com participações de vários artistas/bandas como UB40, P.I.L. e outros.

Um mashup bacana é a música com Blue Monday do New Order.

Aí nos anos 90, exatamente em 1990, o Afrika Bambaataa caiu no dance total.

Just Get up and Dance foi sucesso das pistas de playbas por todo o Planeta.

Uma das primeiras músicas que usavam riff de saxofone (além da Infinity do Guru Josh)

Esse loop de bateria era um dos mais usados na época, não sei se vcs lembram…

Bom, agora temos uma versão mais atual da Just Get up and Dance.

Divirtam-se

Tudo de bom

Billy.

PS_Hoje em dia Afrika Bambaataa largou a Zulu Nation (mais ou menos) e é DJ mundo afora. Sets interessantes.

Tags: , , , , , , , , , ,

Música nova do novo álbum (album?) deles, Higher than the Eiffel.

Muitas músicas dentro do projeto com cara de que vão arrebentar. Entre elas “Goodbye“, obviamente a última do disco (ainda fala disco?), tem uma pegada bem bacana. Outra divertida é “Smiling Faces“, mas acho que falta vocal (e a pegada que eles usaram no climão) na parte com batida e groove.

Enfim, Audio Bullys como deve ser. Prá cima, interessante, diferente.

Tags: , , , ,