Skip to content

SFT MCHN

remix & mashup blog

The Cure foi ícone dark/gótico/pós-punk anos 80.

Logo no início de carreira com, A Forest, por exemplo

Depois um pouco mais pop, com In Between Days (aqui em versão extended)

Aí perderam a mão pro pop fácil com Friday I’m in love e afins

Sumiram por um tempo, pelo menos do top of mind do povo, e em 2000 voltaram com um disco chamado Bloodflowers, que inclusive concorreu a Melhor Album Alternativo no Grammy.

Bacana, um pouco mais na linha do “antigamente”, mas ainda com o pop. Nem tanto In Between Days, nem tanto A Forest, sem cair no fácil do Friday I’m in Love.

Ouçam Maybe Someday e Bloodflowers, essa última mais com a cara gótico/dark/pós-punk do começo de carreira.

Depois desse disco, eles ainda lançaram mais 2, o The Cure em 2004 e o 4:13 Dream em 2008. Procurem e ouçam que também são bacanas.

Tudo de bom.

Billy.

PS_Só postei isso prá dar um gás pro The Cure e prá tocar The Caterpillar, uma das músicas mais geniais dos anos 80, IMHO. Ouçam/vejam

Tags: , , , , , , , , , , ,

%d bloggers like this: